Em decisão teratológico, sem considerar a lei da ficha limpa e as decisões recentes e

Em decisão teratológico, sem considerar a lei da ficha limpa e as decisões recentes e reiteradas, desembargador de plantão, sem competência, concede liminar para soltar LULA e provoca a absurda ideia de que todos os presos hoje no Brasil, ja condenados em segunda instância, podem se lançar pré candidatos, para serem libertados.
Eduardo cunha, Sérgio Cabral e outros poderão ter o mesmo benefício, por este entendimento.
#absurdo

Este post tem 2 comentários

  1. Esse Desembargador que mandou soltar esta de plantao. Portanto o titular que voltar manda de novo o Lula para a prisao.

Comentários encerrados.